Hotelaria e turismo: sector é incluído no Angola Investe O sector da hotelaria e turismo foi recentemente incluído no programa Angola Investe, segundo o anunciado esta semana pelo ministro da Hotelaria e Turismo, Pedro Mutindi.
Troço Cuso/Samba-Lucala vai custar 2.850 milhões de kwanzas A partir de Setembro, o troço da estrada nacional nº320-1 Cuso/Samba-Lucala, no município de Samba-Caju, Cuanza Norte, será alvo de obras de reabilitação e asfaltagem ao longo dos seus 38km.
IPO da Mota-Engil África deverá avançar A Mota-Engil reafirmou recentemente a sua intenção de fazer o IPO da Mota-Engil África, depois da operação ter sido interrompida a 11 de Julho. devido à instabilidade provocada pela crise do BES.
COBA executa dois empreendimentos hidroeléctricos em Angola A empresa portuguesa COBA vai elaborar estudos e projectos de execução para o alargamento e reforço do aproveitamento hidroeléctrico de Lauchimo, na Lunda Norte, e do aproveitamento hidroeléctrico

Mundicenter gere Shopping Fortaleza A Mundicenter foi recentemente mandatada para a gestão do novo Shopping Fortaleza, em Luanda, Angola.
Imoalves atenta às oportunidades do mercado imobiliário angolano Presente em Angola desde 2012, a Imoalves está a apostar forte no mercado imobiliário do país, onde, de acordo com o managing director da empresa, há muitas oportunidades a explorar no sector, em várias áreas.
Novinvest: "Em 2014 iremos crescer" Tendo recentemente recebido o Melhor Projecto de Arquitectura pelo seu empreendimento Torres Dipanda na edição de 2013 da Projekta, a Novinvest tem-se distinguido no mercado imobiliário angolano.
Mercado imobiliário em expansão capta novos investidores
Mercado imobiliário em expansão capta novos investidores

Hotelaria e turismo: sector é incluído no Angola Investe O sector da hotelaria e turismo foi recentemente incluído no programa Angola Investe, segundo o anunciado esta semana pelo ministro da Hotelaria e Turismo, Pedro Mutindi.
Troço Cuso/Samba-Lucala vai custar 2.850 milhões de kwanzas A partir de Setembro, o troço da estrada nacional nº320-1 Cuso/Samba-Lucala, no município de Samba-Caju, Cuanza Norte, será alvo de obras de reabilitação e asfaltagem ao longo dos seus 38km.
IPO da Mota-Engil África deverá avançar A Mota-Engil reafirmou recentemente a sua intenção de fazer o IPO da Mota-Engil África, depois da operação ter sido interrompida a 11 de Julho. devido à instabilidade provocada pela crise do BES.
COBA executa dois empreendimentos hidroeléctricos em Angola A empresa portuguesa COBA vai elaborar estudos e projectos de execução para o alargamento e reforço do aproveitamento hidroeléctrico de Lauchimo, na Lunda Norte, e do aproveitamento hidroeléctrico
Obras públicas só podem usar rochas ornamentais angolanas As obras públicas angolanas vão ser obrigadas a utilizar rochas ornamentais exclusivamente de produção nacional, segundo o anunciado na semana passada pelo ministro da Geologia e Minas, Francisco Q

  • L’ and Vineyards
    L’ and Vineyards
    Alentejo
  • troiaresort
    Costa Azul
  • Eden Resort
    Algarve
  • Vale do Lobo
    Vale do Lobo
    Algarve

Luís Lima, presidente CIMLOP
Diogo Osório Rodrigues, Managing Director, Zenki Real Estate
Eduardo Abreu, Sócio da Neoturis
Francisco Barros Virgolino, Diretor da Proprime

  • Liberdade 108
    Cushman & Wakefield
  • Edifício São José
    Novimed
  • Duo Miraflores Premium
    Jones Lang LaSalle
  • Edificio Fontes Pereira de Melo, 6
    Silfiducia
  • Etoile 240
    Bprime
  • São José 109
    CBRE
  • Citizen
    High Street
  • Edifício Fundação
    Aguirre Newman

O sector da hotelaria e turismo foi recentemente incluído no programa Angola Investe, segundo o anunciado esta semana pelo ministro da Hotelaria e Turismo, Pedro Mutindi. Este programa é uma iniciativa do governo angolano para o apoio ao investimento em sectores produtivos.
A partir de Setembro, o troço da estrada nacional nº320-1 Cuso/Samba-Lucala, no município de Samba-Caju, Cuanza Norte, será alvo de obras de reabilitação e asfaltagem ao longo dos seus 38km. No total, o investimento vai rondar os 2.850 milhões de kwanzas.
A Mota-Engil reafirmou recentemente a sua intenção de fazer o IPO da Mota-Engil África, depois da operação ter sido interrompida a 11 de Julho. devido à instabilidade provocada pela crise do BES.